Concentração hoje (terça-feira) frente ao Estabelecimento Prisional de Lisboa às 11 horas


Imagem

Cartaz aqui 

“Presos/as, familiares e movimentos sociais convocam uma concentração de solidariedade e denúncia no dia 8 de Janeiro de 2013 (amanhã) pelas 11horas da manhã, em frente ao Estabelecimento Prisional de Lisboa. Haverá visita para familiares que termina pelas 11:30h. Apareçam! Circulem esta mensagem.

São diversas as denúncias sobre a tensão vivida por presos e familiares de presos no Estabelecimento Prisional de Lisboa (bem como noutras prisões em portugal), a prática de tortura dentro desta instituição do Estado viola leis nacionais e internacionais de Direitos Humanos. São diversos os casos de espancamento praticados por guardas no Estabelecimento Prisional de Lisboa, são relatados com regularidade bem como outras queixas relativas a condições de celas, comida, cuidados de saúde e tratamento humilhante de familiares. Presos/as, familiares e movimentos sociais solicitam a intervenção urgente sobre o comprometimento do Estado Português com a não violação dos Direitos Humanos nas prisões em Portugal (inclusive recentemente Portugal ratificou o Protocolo Facultativo à Convenção contra a Tortura e Outras Penas ou Tratamentos Cruéis, Desumanos ou Degradantes da ONU, convenção que assinou em 2006.).

Vamos dar voz a esta opressão!
Circulem sff pelos vossos contactos.”

fonte: https://www.facebook.com/IndignadosLisboa?fref=ts

Anúncios

One comment

  1. Perto de duas dezenas de pessoas concentraram-se hoje junto ao Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL) para denunciar a prática de torturas e “violação dos direitos humanos” nas prisões portuguesas, segundo os organizadores.

    A concentração, que coincidiu com a visita dos familiares aos reclusos, foi promovida pela Associação Contra a Exclusão pelo Desenvolvimento (ACED), Grupo de Intervenção nas Prisões e Associação Portuguesa para a Prevenção da Tortura.

    “Este protesto surge no seguimento de denúncias e queixas de presos e familiares de casos de tortura e espancamentos físicos e psicológicos nas prisões”, disse aos jornalistas o sociólogo Ricardo Loureiro, da ACED.

    Ricardo Loureiro adiantou que “há muitas situações de Norte a Sul do país de violação de direitos humanos” nos estabelecimentos prisionais, sublinhando que desde 1996 são vários os casos de espancamentos praticados pelos guardas prisionais.

    Segundo Ricardo Loureiro, são também relatadas, com regularidade, queixas sobre a falta de condições nas celas, assim como de comida e de cuidados de saúde, a que se junta um tratamento considerado “humilhante” aos familiares dos reclusos.

    A concentração de hoje surge após um recluso ter sido espancado no fim de semana pelos guardas prisionais do EPL, segundo os promotores do protesto.

    Bruno Barros disse aos jornalistas que o seu irmão, em prisão preventiva há cerca de um ano, foi espancado na madrugada de domingo e retirado da cela e, desde então, ainda não conseguiu obter qualquer informação.

    Segundo Bruno Barros, foi através do colega de cela que soube o que tinha acontecido ao irmão, tendo já contactado a advogada e apresentado uma queixa no EPL.

    Hoje de manhã Bruno Barros foi ao EPL para visitar o irmão, mas não o conseguiu ver. “Isto é desumano”, disse, afirmando que o seu irmão já foi outras vezes alvo de espancamentos.

    A concentração, que contou com elementos dos movimentos sociais e familiares dos reclusos, teve também por objetivo pedir ao Estado português para que cumpra as legislações nacionais e internacionais de direitos humanos, tendo em conta que ratificou, em 2006, o Protocolo Facultativo à Convenção contra a Tortura e Outras Penas ou Tratamentos Cruéis, Desumanos ou Degradantes da ONU. (LUSA)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s