Day: Junho 6, 2013

Homenagem a Clément Méric, antifascistas sempre! (comunicado da Federação Anarquista Francesa)


clement

Clément, 18 anos, morreu, assassinado por fascistas, a 5 de Junho, perto de Saint-Lazare. Uma só frase é suficiente para exprimir toda a gravidade da situação.

O fascismo e os fascistas não pertencem ao passado, a ameaça está sempre presente, foi isso que ficou provado. Face a a eles, devemos organizarmo-nos, lutar, criar um bloco. Mostrar-lhes que nós estaremos sempre aqui para lhes barrarmos o caminho. Que as suas ideias não valem o que valem as nossas e que por isso não há lugar para nenhum debate.

É preciso também denunciarmos vivamente as recuperações malsãs e politiqueiras já posta em marcha por organizações social-democratas ausentes do terreno da luta antifascista. Estamos a pensar em particular na Unef (União dos estudantes franceses) e no Parti de Gauche (Partido de Esquerda) que não esperaram para organizar, cada um por si, uma concentração de homenagem ao nosso camarada. Como não agem, esta gente apropria-se dos mortos porque são menos perigosos. Já se ouvem os apelos à Justiça, ao Estado e ao governo para que proibam as organizações fascistas mas há quanto tempo é que as organizações e os grupos revolucionários fazem soar as campainhas de alarme para esta situação?

Clément era militante da Action Antifasciste Paris-Banlieue et do sindicato estudantil Solidaires Etudiant-e-s Sciences Po. Era antifascista e revolucionário.

A Federação Anarquista envia modestamente as suas condolências à família e aos próximos de Clément e afirma que se aliará a todas as forças revolucionárias, progressistas e honestas para prestar homenagem a Clément e continuar a defesa do seu envolvimento militante, que não morreu com ele.

Federação Anarquista Francesa (aqui)