Day: Abril 3, 2014

(ESTREIA HOJE) “GUERRA OU PAZ”, UM FILME SOBRE OS QUE DESERTARAM E NÃO QUISERAM FAZER A GUERRA COLONIAL


header

Vai ter lugar esta sexta-feira, em Lisboa, às 21,30H, na Cinemateca Portuguesa, a ante-estreia do filme “Guerra ou Paz”, do realizador Rui Simões, sobre os 100 mil desertores e refractários à guerra colonial. Um dos entrevistados é João Freire, o primeiro oficial do quadro a desertar do exército fascista. Rui Simões é um dos grandes realizadores portugueses, adepto do documentário histórico e do filme “militante”, autor de filmes marcantes como “Deus, Pátria, Autoridade” ou “Bom Povo Português”

SINOPSE

“Entre 1961 e 1974, 100,000 jovens portugueses partiram para a guerra nas ex-colónias. No mesmo período, outros 100,000 saíram de Portugal para não fazer essa mesma guerra. Em relação aos que fizeram a guerra, já muito foi dito, escrito, filmado. Em relação aos outros, não existe nada, é uma espécie de assunto tabu na nossa sociedade. Que papel tiveram esses homens que ‘fugiram à guerra’ na construção do país que somos hoje? Que percursos fizeram? De que forma resistiram?” A sinopse de GUERRA OU PAZ refere assim o filme, que é também um retrato da geração de Rui Simões, que é um dos seus intervenientes juntamente com António Setas, Arlindo Barbeitos, Cláudio Torres, João Freire, José Mena Abrantes, Luís Cília, Manuel dos Santos Lima e Manuela Torres. GUERRA OU PAZ conta ainda com a participação especial de Eduardo Lourenço, e Myriam Zaluar, autora de uma carta ao primeiro ministro”.

ver: http://www.cinemateca.pt/Programacao.aspx?id=2613

relacionado: http://guerraoupaz-2010.blogspot.pt/

Deus, Pátria, Autoridade, o filme que “narra” o fim do fascismo

 

Bom Povo Português

(Esta noite, 21H) #1 Ciclo de Cinema ‘O movimento negro’ na Laranjinha [Tercena]


black_power_mixtape_ver2_xlg

#1 Ciclo de Cinema ‘O movimento negro’

Durante o mês de Abril vai decorrer na Laranjinha, espaço de vida colectiva e um centro social e cultural em construção, o ciclo de Cinema “O movimento negro”, todas as quintas-feiras às 21h.

Na 1ª sessão vamos passar o The Black Power Mixtape, um documentário sueco de 2011, realizado por Göran Olsson que analisa a evolução do movimento negro na sociedade americana de 1967 a 1975. Mistura filmagens feitas por um grupo de jornalistas suecos (encontradas 30 anos depois na cave da Televisão Sueca) com entrevistas e comentários de figuras chave do movimento negro americano assim como vários artistas, activistas, músicos e intelectuais afro-americanos.

laranjinha

Programação de Abril

sexta-feira, 4: noite de poesia. 21h

sexta-feria, 11: jantar benefit da Laranjinha no RDA 19h

domingo, 13: mutirão assombroso + jantar + concerto Beats Dúbios 11h

sábado, 19: debate e reflexão sobre o movimento popular na altura do 25 de abril 15h

domingo, 27: dia colectivo de Pintura 11h

todas as quartas-feiras : conversas sobre educação alternativa 21h

todas as quintas-feiras: ciclo de cinema sobre o movimento negro 21h

*

A Laranjinha é um espaço de vida colectiva e um centro social e cultural em construção, num antigo jardim de infância abandonado,  na linha de sintra, na Rua Damão, 9 – Tercena, perto da estação de Massamá-Tercena.

aqui: http://laranjinhar.wordpress.com/