Day: Abril 22, 2014

(Porto) Poesia hoje na Casa Viva, às 21,30H


poesia

“Uma geração que consente deixar-se representar por um Professor Aníbal Cavaco Silva é uma geração que nunca o foi. É um coio d´indigentes, d´indignos e de cegos! É uma resma de charlatães alaranjados e de vendidos, e só pode votar e parir abaixo de zero!”. 

Mário Viegas inspirou-se em Almada Negreiros para escrever o Manifesto anti-Cavaco, vamos seguir-lhe as pisadas e continuar com a poesia de escárnio e maldizer. Tragam poemas para ler, ouvir e partilhar que outros vos esperam, Pim!

Entrada Livre.

Se não puderes aparecer, ouve na Rádio CasaViva (radiocv . punked . us)

aqui: http://casa-viva.blogspot.pt/

http://marioviegasparaquasetodos.blogspot.pt/2012/10/manifesto-anti-cavaco.html