Mão Morta: “Dizem que semeio o caos e a destruição /Como o vento semeia as papoilas /O meu nome é… Liberdade”


O texto

.

Não aconselhável a almas sensíveis…um comentário violento aos dias de ajustamento, crise e troika….o sujeito/personagem “começa por um estado de espírito mais individualista, de alguém que está satisfeito consigo e se sente feliz na sua solidão”, mas vê-se interferido “na sua pacata vida urbana, no trabalho, no salário, nos pequenos luxos” até ver o seu quotidiano “confrontado com uma pobreza crescente que começa a incomodá-lo”. É a “evolução desse mal-estar” que o faz ganhar “consciência coletiva e social” ao ponto de, “num derradeiro resquício individualista, pensar que a única solução pegando na ideia revolucionária dos anarquistas bombistas do final do século XIX é matar o responsável”.

A música

O poema

.

ANARQUISTA DUVAL
[Adolfo Luxúria Canibal / Zé dos Eclipses – Carlos Fortes]

Pela estrada fora vinha um homem
Encoberto pelas sombras da noite
Alguém lhe perguntou o nome
«Sou uma miragem, Dizem que semeio o caos e a destruição
Como o vento semeia as papoilas
O meu nome é… Liberdade»

Vinha pela estrada fora a Liberdade
Encoberta pela noite das sombras
«Sabes quem eu sou?» perguntou ao candeeiro
«És uma miragem E pertences ao livro dos sublinhados provocadores
Que são os poetas
Almas sonhadoras»

«Anarquista Duval:
Prendo-te em nome da lei!»
«E eu suprimo-te em nome da Liberdade!!»

Sublinhados provocadores iam pela estrada fora
Carregando o livro das sombras
Da noite só restava o candeeiro
Encoberto

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s