Rede Federica Montseny apresenta-se hoje em Lisboa


rede

Rede organiza-se para permitir às espanholas o acesso ao aborto fora do país – Reunião hoje em Lisboa | http://on.fb.me/1nEW7P4 | 19 horas no Jardim do Torel.

Chamada Rede Federica Montseny (em homenagem à histórica anarquista) [https://redmontseny.net/es/], conta com o apoio de gente em ‪#‎Espanha‬, imigrantes espanhóis que continuam a lutar de fora [http://on.fb.me/UqY6K3] e gente de outros países que apoia a causa.

O Estado espanhol introduziu nova legislação que vai limitar o aborto a casos de perigo de vida para a mãe ou deficiência que coloque em causa a vida futura do feto (ou seja, o feto ser deficiente por si só não basta).

A legislação elimina também a educação sexual (aumentando portanto as probabilidades de uma gravidez indesejada), requer receita médica para a pílula do dia seguinte (idem), elimina a formação ao pessoal de saúde sobre aborto, elimina a cobertura da Segurança Social e obriga à autorização do tutor legal em casos de menores.

Esta é uma questão de classe, pois que a ilegalização do aborto não leva a uma redução do número de abortos. Simplesmente, quem tem dinheiro vai de férias fazer um e quem não tem vai a um operador ilegal ou faz por si, correndo o risco de morrer para ter domínio do seu corpo. Quando vão ao hospital, já não é para abortar, mas para lidar com as terríveis consequências de quando as coisas correm mal.

Saber mais: http://bit.ly/1ojgRuF

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s