Os judeus não podem ser culpabilizados pelo massacre em Gaza. O responsável é o sionismo!


.

Este vídeo explica o conteúdo dos livros escolares produzidos pelo estado sionista. Lá, estão a adoptar os mesmos princípios fundamentais que se encontram em Mein Kampf, se bem que com mais subtilezas. Israel é o novo Estado Racista do projecto nazi de exterminação étnica. É esse o objectivo de Israel: a exterminação completa do povo Palestiniano. Querem que morram todos ou, pelo menos , que desapareçam.

É isso que é o pior no racismo: somente a morte do Outro pode resolver o conflito. A conversão não serve, tal como um branco não pode ser negro NUNCA.  Estamos a assistir, de novo, ao ascenso do fascismo no mundo, embora em Portugal não haja uma ditadura clássica, já que a troika é bastante original… e se os Judeus são culpabilizáveis, também o é a população dos países ricos do Ocidente que fecha os olhos ao totalitarismo supra-nacional que destrói as pessoas e o planeta, que reduz à escravatura ou à morte a maior parte da humanidade.

Nas religiões, a conversão é possível. Mas será necessário insistir na vergonha que é pensar que alguém pode ser melhor se deixar de ser aquilo que é… para passar a ser como tu, da tua religião, e ser aceite? O colonialismo espiritual é o mais perigoso de todos os colonialismos e está a ser utilizado em massa no Ocidente  para desumanizar as pessoas como nunca o foram antes na história. Queres saber o que está a acontecer em Gaza? Começa por apagar a televisão, e procurar dentro de ti.

Pela Palestina Livre!

G. (por email)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s