(Curdistão): Mulheres Anarquistas: “Longa vida à Liberdade! Longa vida ao Anarquismo!”


AMARA2

AMARA3

AMAR4

Recentemente, a organização Mulheres Anarquistas (*) esteve presente na Conferência das Mulheres Jovens, em Amara, uma pequena aldeia na região de Urfa (no Curdistão) e foi responsável por uma intervenção sobre a resistência em Kobane, a influência das mulheres nesta resistência e a luta pela liberdade das mulheres.

Nesta conferência, em que participaram numerosas organizações feministas vindas de diversos lugares do Curdistão, Merve Demir interveio em nome das Mulheres Anarquistas.  Ela denunciou a violência do estado e dos homens sobre as mulheres na vida quotidiana. Deu também exemplos sobre a luta das mulheres contra esta violência. Merve, no seu discurso em curdo, declarou que as mulheres do YPJ (1) que resistem em Kobane, não resistem apenas contra o ISIS (Estado Islâmico), mas também contra a violência dos homens e do governo que oprimem as mulheres e as tratam como se elas fossem invisíveis.

Ela lembrou que as mulheres não podem ser livres a não ser num novo mundo onde se possam organizar relações à margem do poder e concluiu a sua intervenção por um  “Longa vida à Liberdade! Longa vida ao Anarquismo!”

Depois da conferência, as Mulheres Anarquistas deslocaram-se para uma outra pequena aldeia localizada perto da fronteira de Suruç, chamada Mahser, onde assistiram à comemoração em recordação do massacre de Roboski. Durante a cerimónia em que foram recordadas as 34 pessoas massacradas pelo bombardeamento do Estado, as mulheres maldisseram este massacre e referiram várias vezes que continuariam a luta.

Depois da cerimónia, as Mulheres Anarquistas encontraram-se com os seus camaradas membros da Acção Revolucionária Anarquista (DAF), com quem estão em conjunto na aldeia de Mahser desde os primeiros dias da resistência de Kobane, e trouxeram encomendas enviadas de muitos lugares em solidariedade com as necessidades locais.

aqui: http://i-f-a.org/index.php/fr/communique-d-autres-organisations-10/631-anarchist-women-long-live-freedom-long-live-anarchism

(*) Anarşist Kadınlar, organização feminina anarquista turca. https://www.facebook.com/anarsistkadinlariz

(1) Unidades de Defesa Popular do Curdistão

Anúncios

One comment

  1. Reblogged this on Hawaiianbless's space and commented:
    Recentemente, a organização Mulheres Anarquistas (*) esteve presente na Conferência das Mulheres Jovens, em Amara, uma pequena aldeia na região de Urfa (no Curdistão) e foi responsável por uma intervenção sobre a resistência em Kobane, a influência das mulheres nesta resistência e a luta pela liberdade das mulheres.

    Nesta conferência, em que participaram numerosas organizações feministas vindas de numerosos lugares do Curdistão, Merve Demir interveio em nome das Mulheres Anarquistas. Ela denunciou a violência do estado e dos homens sobre as mulheres na vida quotidiana. Deu também exemplos sobre a luta das mulheres contra esta violência. Merve, no seu discurso em curdo, declarou que as mulheres do YPJ (1) que resistem em Kobane, não resistem apenas contra o ISIS (Estado Islâmico), mas também contra a violência dos homens e do governo que oprimem as mulheres e as tratam como se elas fossem invisíveis.

    Ela lembrou que as mulheres não podem ser livres a não ser num novo mundo onde se possam organizar relações sem poder e concluiu a sua intervenção por um “Longa vida à Liberdade! Longa vida ao Anarquismo!”

    Depois da conferência, as Mulheres Anarquistas deslocaram-se para uma outra pequena aldeia localizada perto da fronteira de Suruç, chamada Mahser, onde assistiram à comemoração em recordação do massacre de Roboski. Durante a reunião em que foram recordadas as 34 pessoas massacradas pelo bombardeamento do Estado, as mulheres maldisseram este massacre e referiram várias vezes que continuariam a luta.

    Depois da cerimónia, as Mulheres Anarquistas encontraram-se com os seus camaradas membros da Acção Revolucionária Anarquista (DAF), com quem estão em conjunto na aldeia de Mahser desde os primeiros dias da resistência de Kobane, e trouxeram encomendas enviadas de muitos lugares em solidariedade com as necessidades locais.

    aqui: http://i-f-a.org/index.php/fr/communique-d-autres-organisations-10/631-anarchist-women-long-live-freedom-long-live-anarchism

    (*) Anarşist Kadınlar, organização feminina anarquista turca. https://www.facebook.com/anarsistkadinlariz

    (1) Unidades de Defesa Popular do Curdistão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s