Última edição do jornal ‘A Batalha’ destaca projecto libertário a nascer na Guiné-Bissau


batalha

A edição 262 do histórico jornal “A Batalha” (que já foi diário e órgão da Confederação Geral do Trabalho, anarcosindicalista, teve edições clandestinas durante o fascismo e está hoje na sua VI série), recentemente enviada aos assinantes e colocada nas bancas, está recheada de bons artigos. O destaque desta edição vai para as movimentações de jovens na cidade de Bissau que, a exemplo do Movimento brasileiro pelo Passe Livre, se organizaram de forma autónoma e autogestionada para lutar pela água e pela electricidade (bens de difícil acesso na Guiné-Bissau). Em marcha está também a constituição de uma escola segundo os princípios libertários em Bandim (um bairro de Bissau).

Nesta edição de “A Batalha” dedica-se também um olhar aprofundado às movimentações no Curdistão e ao Confederalismo Libertário, bem como ao posicionamento anarquista na I Grande Guerra Mundial. A década de 30 e o terror fascista (a propósito da Revolta dos Marinheiros em solidariedade com a Revolução Espanhola) e as rusgas que aconteceram por toda a Europa contra os emigrantes em Outubro passado são também destacadas.

No âmbito de um acordo de cooperação e de intercâmbio de textos entre a “Batalha” e o Portal Anarquista iremos publicar nos próximos dias diversos artigos desta edição do jornal que pode ser solicitado por quem o queira adquirir para o mail: jornalabatalha@gmail.com. A assinatura para Portugal continental por 1 ano (6 números) é de 3,99 euros.

Anúncios

4 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s