Dia: Janeiro 19, 2015

“Ciutat Morta”: um documentário sobre a tortura e a falsificação de provas pela polícia que está a emocionar Barcelona


Documentário integral. Legendas em castelhano.

Depois de muita resistência por parte das autoridades um canal de televisão catalão emitiu no sábado à noite o documentário “Ciutat morta” (Cidade Morta),  que até agora circulava apenas em circuitos paralelos. O documentário aborda a falsificação de provas e a tortura a que foram sujeitos vários detidos pela polícia de Barcelona depois de alegadamente terem atacado as “forças da ordem” a partir de um antigo teatro okupado na capital catalã. Os incidentes deram-se a 4 de Fevereiro de 2006 e o documentário foi projectado pela primeira vez em Junho de 2013.

(mais…)

(estudo) A utopia concreta de Gonçalves Correia: percurso e contexto de um anarquista alentejano singular


agc

Gonçalves Correia, ao centro, anos 60 (em Beja?)

Tem sido grande o interesse suscitado pela vida e obra do anarquista alentejano, natural de São Marcos da Atabueira (Castro Verde), António Gonçalves Correia (1889-1967). Editor do jornal “A Questão Social” e principal impulsionador da “Comuna da Luz”, nas Fornalhas, é recordado num artigo da autoria de João Carlos Louçã, doutorando em Antropologia pela Universidade Nova de Lisboa,  publicado na revista digital brasileira Em Debate .  O artigo em questão tem como título “A utopia concreta de Gonçalves Correia: percurso e contexto de um anarquista alentejano singular”.

(mais…)