Este sábado


hoje

Benefit #2 de um série de eventos que irão acontecer nas próximas semanas, de modo a tornar possível a abertura de um espaço de concertos/centro social em Lisboa.

Hora:16 Horas Local: Academia musical Joaquim Xavier Pinheiro , Alameda das Linhas de Torres, 45, Campo Grande(metro), Lisboa

Focolitus – a melhor banda de Hc/Punk do mundo, como se existisse tal coisa.

The Big Church of Fire – Rock Blues Western Folk Psicadelista

Los Empty Heads – Sebemzada Fast Rock

Baktheria – Black Thrash Death Punk n’ Roll

“Estamos aborrecidos.
Fartos da cíclica e entediante procura por um espaço de expressão livre. Livre das expectativas de gestores de espaços “coolturais” presos a métodos enraizados no medo da dissonância e distorção humana. Livre das pressões económicas dos profissionais da cultura. Livre daqueles para os quais a criatividade gratuita ou a baixo preço não parece uma boa premissa e que querem a todo o custo taxá-la, regularizá-la, limitá-la e obter lucro a partir dela. Vai sempre existir uma licença em falta, uma lei inventada, uma queixa falsa ou qualquer outra coisa com vista a impedir e complicar algo tão simples como 3 acordes.

Não queremos ser castrados nem esterilizados. Queremos motivar e ser motivados.

Queremos abrir um espaço que seja um laboratório de expressão individual, onde qualquer um possa realizar os seus projectos e ideias de maneira espontânea e incondicionada. Um espaço que estimule o espírito DIY e de autoprodução.

Queremos espaço para a música percorrer um caminho mais curto entre os executantes e o público.

Queremos providenciar ferramentas para a emancipação individual e colectiva através de espaço para o corpo, a mente e habilidades, assim como para a canalização da frustração e da raiva.

Não nos vamos deixar subjugar por quem claramente não quer que certas ideias sejam difundidas, que certos eventos sejam realizados, ou que certas verdades sejam berradas.

Por isso criámos um colectivo para auto-gestionar um espaço arrendado no centro de Lixoboa. Uma sala de espetáculos, um estúdio, uma infoshop, um espaço para actividades físicas, serigrafia, workshops vários e tudo o que a imaginação e as oportunidades nos permitirem. Um lugar para construir, destruir e reconstruir.

Para que esta ideia se torne realidade, planeámos uma série de eventos benefit que contribuirão para a primeira renda e despesas iniciais inerentes à abertura do espaço.

Até lá se não antes.

Disgraça.

https://www.facebook.com/events/725283397590968/

*

vidas

VIDAS NEGRAS IMPORTAM | Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial

A 21 de Março de 2015, às 16h00
Estamos juntos no centro de Lisboa
Largo São Domingos

O Dia Internacional Contra a Discriminação Racial marca o massacre de Sharpeville a 21 de Março de 1960. Na África do Sul do Apartheid, milhares manifestavam-se contra a lei que obrigava os negros a ter um passaporte interno, para poderem aceder aos bairros dos brancos. Os manifestantes dirigiram-se a uma esquadra e a polícia disparou, assassinado 69 pessoas e ferindo 180. O Apartheid caiu muito mais tarde, depois de muitas mais lutas.

No ano passado vimos a polícia dos Estados Unidos da América matar vários jovens negros desarmados, e as manifestações que se seguiram.

Já em 2015, em Portugal, outros foram espancados numa esquadra ao procurar saber dum amigo detido numa operação policial no seu bairro.

Não esquecemos as pessoas, a maioria negras, assassinadas pela polícia em Portugal nos últimos anos, sem haver condenação dos assassinos.

Nem admitimos que os bairros vivam uma suspensão do estado de direito, onde a polícia até dispara contra pessoas nas varandas das casas.

Contra o racismo institucional

Porque VIDAS NEGRAS IMPORTAM!

https://www.facebook.com/events/725283397590968/

*

_zad

Ciclo de documentários/conversas sobre lutas contra a destruição de espaços naturais

No Centro de Cultura Libertária, em Cacilhas.

18h – Notre-Dame-des-Luttes (2012; 52 min.)
documentário de Jean-François Castell sobre a ZAD de Notre-Dames-des-Landes
[legendas em inglês]

19h – Fighting for the forest (2014; 15 min.)
reportagem sobre a ZAD de Sivens em Setembro de 2014
[em inglês]

Seguido de conversa

20h – Jantar vegetariano

O termo “zona a defender” (ZAD) popularizou-se nos últimos anos para designar a experiência de ocupação de zonas florestais ameaçadas, em resistência contra projectos de desenvolvimento capitalista em França. Esta forma de luta encontra paralelo em outras lutas contra a destruição da natureza para além das fronteiras francesas, como a resistência contra a construção da linha de comboio de alta velocidade em Itália ou contra a exploração de gás de xisto em várias partes do mundo.
O documentário “Notre-Dame-des-Luttes” dá-nos a conhecer as motivações dos resistentes à construção do aeroporto de Notre-Dame-des-Landes, num momento em que, após uma operação policial repressiva em Outubro de 2012, esta luta ganha um novo ímpeto.
A reportagem “Fighting for the forest” apresenta-nos uma visão jornalística e sensacionalista das diversas formas de resistência em prática na ZAD de Sivens, onde os ocupantes resistem à construção de uma barragem que destruirá uma vasta zona florestal. Quando o abate de árvores começa, os confrontos com a polícia intensificam-se, numa escalada repressiva que levará ao assassinato do manifestante Rémi Fraisse pela polícia em Outubro de 2014.

http://culturalibertaria.blogspot.pt/2015/03/21-de-marco-zonas-defender.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s