(Apoio Mútuo) Feliz Ano Novo aos que lutam


Apoyo-Mutuo-300x143

Apoyo Mútuo (*)

“Àquelas que, “afortunadas” por terem um emprego, saem de casa quando ainda não nasceu o sol e regressam quando se pôs, para constatarem ao final do mês que o dinheiro mal dá para pagar a casa, transporte, alimentação.

Àqueles que à falta de opções têm que criar a sua própria empresa, na sua maioria assalariados encobertos para os ricos, crivados de impostos destinados a pagar aos bancos, esmagados com dívidas, e que, ainda para mais, têm que ver como os seus inimigos os dão como exemplo de “empreendedores”, “empresários” ou “inovadores”.

Àqueles que nem sequer têm rendimentos e fazem malabarismos com as suas economias enquanto se debatem entre as escassas opções a que já foram condenados pelo “mercado laboral”: conseguir um trabalho miserável, exilar-se, roubar, ganhar a lotaria…

Àquelas que estudam para se poderem manter à tona no futuro, tentando pagar umas taxas cada vez mais altas.

Àqueles que chegam aqui para ficarem e melhorarem um pouco mais o seu nível de vida, não porque lhes atraia o panorama, mas porque na sua terra a espoliação é ainda maior, e são obrigados a atravessarem o mar e os fossos com lâminas e a vigilância de homens armados comandados por assassinos.

Àquelas que prestam cuidados e que são consideradas como “inactivas”, porque não se concebe como trabalho o facto de apoiarem a sociedade, submetidas à angústia, no melhor dos casos, da dupla jornada de trabalho, vendo como o “Estado do bem-estar” que nunca existiu, tampouco as alcançou.

Àqueles e àquelas que já dominaram o seu medo, o seu cepticismo, a sua angústia e a sua solidão e decidiram mudar o seu país e as suas condições de vida em cooperação com outros, como deve ser, no seu sindicato, na sua associação, no seu centro social, conscientes de que não há salvadores nem milagres, e aí se mantêm na primeira linha.

FELIZ ANO.

(*) Texto difundido pela organização anarquista peninsular “Apoyo Mútuo” por ocasião da recente passagem de ano e dedicado aos que sofrem e não desistem de lutar. Traduzido por Portal Anarquista.

aqui: https://www.facebook.com/ComunidadApoyoMutuo/posts/920419668065164

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s