Informação alternativa portuguesa e do estado espanhol está reunida em Coimbra


coimbra

#‎InfoAltCoimbra‬

O Encontro de informação alternativa promovido pela Rede de Informação Alternativa, constituída em Portugal em Outubro passado, e para o qual foram convidados vários órgãos de informação alternativos do Estado Espanhol, está a decorrer em Coimbra desde quinta-feira, dia 25 de Fevereiro, e termina no domingo, 28 de Fevereiro. Grande parte da agenda do Encontro realiza-se em sessões privadas entre os diversos colectivos, tendo havido duas sessões públicas e abertas a quem quis participar, realizadas nos dois primeiros dias. Delas damos aqui conta utilizando as notícias e as imagens que produzimos para o facebook.

coimbra

Foto guilhotina.info

Relato do 1º dia, quinta-feira, 25 de Fevereiro

Termina no domingo o Encontro de Informação Alternativa que está a decorrer em Coimbra e que junta espaços informativos portugueses e do Estado espanhol. Ontem à noite (5ª feira), com carácter público e aberto, realizou-se uma mesa-redonda de apresentação dos vários projectos no Ateneu de Coimbra, com a presença de mais de meia centena de pessoas e em que participaram o Indymedia, Jornal Mapa, Portal Anarquista, Guilhotina.info, La Directa, Periódico Diagonal e Radio Vallekas.

Durante o dia de hoje o debate vai ser interno entre estes projectos, estando marcada para o fim da tarde, às 18 horas, também no Ateneu, uma oficina de rádio da responsabilidade da radio comunitária de Vallekas, um populoso bairro de Madrid.

coimbra1.jpg

Relato do 2º dia, sexta-feira, 26 de Fevereiro

Em Coimbra, onde está a decorrer o Encontro entre diversos espaços e órgãos de informação alternativos portugueses e do Estado espanhol, a sessão do fim de tarde desta sexta-feira, de novo no Ateneu, foi muito animada e interessante. O tema era a experiência da radio Vallekas, uma rádio comunitária de um dos maiores bairros da cidade de Madrid. Valeria e Álvaro, os dois companheiros da radio que nos relataram esta experiência, que já leva 30 anos a emitir em FM e vários via web, fizeram-no de forma contagiante, partilhando conhecimentos, algumas dicas e sugestões técnicas muito importantes. Entre todos ficou o “bichinho” da radio que poderá fazer com que um dia destes apareça um projecto de radio alternativa em Portugal, ao serviço dos movimentos sociais e dos colectivos assembleários e horizontais. Vamos a ver…

No espaço de discussão mais restrito entre os colectivos portugueses (Portal Anarquista, Indymedia, jornal Mapa e guilhotina.info) e os colectivos do Estado Espanhol (Diagonal Periodico e Radio Vallekas, de Madrid e Directa, de Barcelona), durante a manhã e principio da tarde, falou-se da estrutura financeira destes projectos, de como melhorar o seu financiamento – algo que preocupa todos os colectivos de um e do outro lado da fronteira – e dos efeitos da Lei Mordaça em Espanha e de outras leis repressivas com que os Estados pretendem criminalizar os protestos, os movimentos sociais e os colectivos de informação alternativos.

O encontro prossegue este sábado e domingo, estando todos os participantes a contarem com o apoio precioso, em termos logísticos, das Repúblicas Ninho dos Matulões, Solar dos Kapangas e Rosa Luxemburgo, bem como do Ateneu de Coimbra.

Ainda este sábado os participantes no encontro juntar-se-ão à Marcha Europeia Pelos Direitos dos Refugiados, que se realiza em Coimbra (bem como em muitas dezenas de outras cidades por toda a Europa), com início marcado para as 15 horas.

rede anrquista

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s