Edição especial do “Le Monde Libertaire” dedicada ao Brasil


Capturar

para ler e download :ML-SPECIAL BRESIL

Acaba de ser publicada uma edição especial do “Le Monde Libertaire”, orgão da Federação Anarquista Francófona, dedicada integralmente ao Brasil, com um conjunto de textos importantes para compreender o que se passa actualmente naquele país dividido entre a critica e o apoio ao governo de Dilma Rousseff. Em francês.

Advertisements

One comment

  1. Essas materias so demonstram o quanto o movimento anarquista frances (como de resto, no Brasil e no mundo) esta sendo infiltrado (ou “se deixando infiltrar) por “socialistas” autoritarios, no caso, mais provavelmente, petistas. Ora, das quatro materias, apenas a de Jose Damiro de Morais expoe honestamente o carater de promotor dos interesses do grande capital que caracterizam o governo do PT e a atuacao do seu braco sindical, a CUT. As outras tres – uma delas, inclusive, se valendo de Bakunin – pintam o governo do PT como um governo “aliado do povo”, vitimado pela “luta de classes” por ter tomado o partido do proletariado (nao exatamente com estas palavras). Omitem assim, num orgao do proprio movimento anarquista, todas as perseguicoes, repressoes e prisoes perpetradas pelo governo do PT contra militantes e organizacoes anticapitalistas autonomas em geral, e anarquistas em especial (p. ex., as repressoes e prisoes na Copa, a invasao da sede da FAG em Porto Alegre, o fechamento da Radio Muda da UNCAMP pelo STF, etc.). Agora so falta esses infiltrados convencerem os anarquistas franceses de que os anarquistas brasileiros que combatem a ilusao que o PT representa para os movimentos sociais no Brasil, seriam, de fato, agentes da CIA infiltrados (como fizeram nos anos 1960 os servicos de inteligencia dos partidos comunistas internacionais, com relacao aos anarquistas cubanos exilados na Franca por lutarem contra a ditadura de Fidel – o que levou o hoje deputado liberal europeu, Daniel Cohn Bendit a, naquela epoca, acusa-los, em um congresso de federacoes anarquistas na Europa, de serem “contra revolucionarios”).
    Essa tendencia dos anarquistas de acharem que anaquismos e “esquerda” (partidos) sao “primos-irmais”, continua lhes fazendo assumir o papel de Esau, o irmao engabelado na lenda biblica de Esau e Jaco.
    “Chapeu de otario e marreta”!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s