“Realismo socialista” abjecto


contenda

O “realismo socialista” deu nisto. Um presidente de Câmara da CDU que se deixa fotografar, numa propriedade gerida pela Câmara de Moura, a que preside, numa caçada a veados protagonizada por “clientes” belgas, um primo e um antigo presidente de Câmara e deputado do PSD (agora dirigente sportinguista…).

Há uns anos havia diferença entre quem lutava contra o fascismo e quem participava nas caçadas do Américo Tomás quando este vinha ao Alentejo. Hoje não. O “realismo” e o possibilitismo deu nisto:nesta mistura de águas em que um presidente de Câmara da CDU se comporta como qualquer presidente de Câmara do CDS. Ainda há alguns tempos o mesmo presidente de Câmara mandava pôr colchas no edifício da Câmara para a passagem da procissão.

Mas voltando a esta imagem, publicada pelo próprio presidente de Câmara, no seu blogue: porque é que ela me faz tanto lembrar a fotografia do rei de Espanha publicada há uns anos aquando duma caçada aos elefantes algures em África?

(através de Luis Bernardes)

botswana

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s