Dia: Fevereiro 11, 2017

Central Nuclear de Almaraz: viver ao lado da morte.


Central Nuclear de Almaraz: viver ao lado da morte. Uma reportagem do JN com 27 anos retrata uma realidade hoje ainda mais dramática.

Já há 27 anos, a 28 de Janeiro de 1990, a central nuclear de Almaraz, no Guadiana e muito perto da fronteira, era considerada um perigo para as populações. Do lado espanhol e do lado português.

A notícia / reportagem do JN é de há 27 anos…Entretanto a situação alterou-se ainda para pior. Basta ler e comparar com a situação actual.

Com as saudações antinuclearistas da TERRA VIVA!A.E.S.

(recebido por email)

(mais…)