Autor: colibev

(estado espanhol) Jornal da CNT em PDF com um amplo dossier sobre o Covid-19


Capturar

.

Neste número (baixar aqui)

  • PRIMERA PLANA: Reflexiones en torno al Covid-19
    • Covid-19: De crisis sanitaria a crisis social
    • Haz el amor y no la guerra
    • Sí es lo que parece
    • Palabras padentro: Y aprendimos las palabras
    • Ante la represión del Covid-19 dentro de los Centros Penitenciarios
  • EDITORIAL
    • La eterna lucha del proletariado
  • SINDICAL
    • Huelga indefinida de CNT en Productos Florida
    • La belleza de un jueves de lucha en las calles
    • Jerez inicia el año marcado por los conflictos sindicales
    • Formanortex no cumple el convenio ni paga las horas extras por sistema
    • Zona Lumbar: El vertedero
  • DOSIER: Lucha de clases
    • Feminismo de clase ¿pasado o presente?
    • El cuarto oscuro: Clases de lucha
    • La ciudad contra la clase
    • La lucha de clases continua: una visión económica del conflicto
    • Lucha de clases y Anarquismo
    • Funámbulos: ¿Pero tú de qué vives?
  • NOSOTRAS
    • Trillar la parva del patriarcado
    • La trinchera coeducativa
    • De rositas: Educar para la igualdad
  • OTRAS MIRADAS
    • Anticlericalismo como posición antifascista
  • GLOBAL
    • Historia reciente y actualidad sindical de la FORA argentina
  • MEMORIA
    • Cuarenta años del «local de Villaverde»
    • 150 años del Congreso Obrero que funda la FRE
  • CULTURA
    • «La clase obrera no se reconoce en el imaginario obrerista del siglo XIX»
  • CONTRA
    • Entrevista a Ana Monjo Omedes
    • Carlos Taibo: La furia del libro anarquista

Tempo longo e tempo curto pós Covid19


estivadores

A história ensina-nos, como nos lembra Carlos Taibo no seu excelente “Colapso”, na esteira de Kropotkine, que as transformações sociais e políticas, ambientais e mesmo ideológicas, levam tempo a maturar, mas depois são extremamente rápidas a concretizarem-se.

Por isso, não é descabido tentar perceber os tempos que aí vêm. Tempos que se poderão tornar realidade bem mais cedo do que muitos de nós imaginaríamos.

(mais…)

(debate) Biopolítica e resistência após surto do Covid 19


unnamed

Respondendo às solicitações enviadas ao coletivo que gere a Livraria-bar Gato Vadio, fui encarregado  pelo mesmo  de participar neste fórum de debate  acerca da situação presente. Estou, por isso, a enviar um breve texto por mim redigido que pretende ser um ponto de partida para uma pesquisa e uma reflexão mais apurada. O texto fica à disposição de todos para o  que entenderem.  

Viriato Porto

O que temos vindo a assistir é uma continuação da história (epidemias) mas também uma antevisão do futuro. E mais  do  que  fazer futurologia e reproduzir ideia feitas e conceitos gastos, importa é  descortinar o  que se esboça por detrás da espuma dos dias.

(mais…)

(debate) NOTAS PARA A COMPREENSÃO DO ACTUAL ESTADO DE EMERGÊNCIA (I)



biohazard

A. Cândido Franco

Parece-me cada vez mais pertinente na compreensão do que se está a passar a noção de bioterror. Isto não quer dizer que o vírus que desencadeou a actual situação, levando ao estado excepcional de hoje, tenha sido criado obrigatoriamente em laboratório com o intuito de atacar alguém ou algum país. É cedo para fazer a história do vírus. A história requer um distanciamento temporal que ainda não existe. O que se pode desde já afirmar com segurança é que o vírus criou uma situação de bioterror que reforçou o poder do Estado sobre a sociedade e levou a uma disputa geopolítica – a reposição das fronteiras na União Europeia é um exemplo – com contornos novos e inesperados.

(mais…)

(debate) Cenários para o pós Covid 19


aa

M. Ricardo de Sousa

Apesar de ainda estarmos na fase inicial desta pandemia, trágica e imprevista, predominam as incertezas e dúvidas sobre as suas consequências sanitárias, económicas e sociais. Até porque só agora está chegando aos EUA, Brasil, Índia e África. Podemos prever que a pandemia vai parar a economia de grande parte dos países por mais de um trimestre – já se fala um ano -, provocando, no melhor cenário, dezenas de milhares de mortos, encerrando milhares de empresas, gerando milhões de desempregados e introduzindo por muito tempo medo entre os cidadãos, consumidores, e capitalistas, o que vai travar investimentos, consumo, viagens etc. Uma crise só com paralelo nos anos 20 do século passado, com a Grande Depressão. Atrevo-me a apresentar dois, ou talvez três, cenários, possíveis:

(mais…)

Actualização sobre Gabriel Pombo da Silva, preso anarquista: tribunal decide a favor da sua extradição para Espanha


unnamed

Lembramos que o nosso companheiro anarquista Gabriel foi detido em Portugal no passado dia 25 de Janeiro depois de ano e meio de clandestinidade. Durante o seu tempo de prisão no Estabelecimento Prisional da Polícia Judiciária do Porto, a defesa trabalhou em prol da sua libertação imediata segundo o que está previsto no «direito». Mas, como sabemos, o direito é inversamente proporcional ao poder, e as autoridades portuguesas demonstraram amplamente a sua submissão ao poder do Estado espanhol, que quer destruir completamente o nosso companheiro. Mas se não o conseguiu depois de 32 anos de prisão, isolamento, torturas e humilhações, que o levará a pensar que o conseguirá fazer agora?

(mais…)