militarismo

Tanya Gólan: a militante anarquista que recusa fazer parte do Exército Sionista Israelita


tanya 2

O serviço militar obrigatório em Israel tem levado muitos jovens pacifistas a recusarem prestar serviço militar, entre eles vários anarquistas que reclamam o direito à objecção de consciência. Num país onde a autoridade das forças militares é inoculada nos jovens desde os bancos da escola e o espírito militar atinge todos os sectores sociais, a recusa em prestar o serviço militar e colaborar com o exército é visto como um acto de insubmissão e tem como pena a prisão. Tanya Gólan é uma destas activistas que, por se recusarem a submeter à lei militar, foram privadas da liberdade e sujeitas à prisão pelo Estado israelita.

(mais…)

(Lisboa) Sessão hoje sobre a crescente militarização das cidades


rda

Bookbloc sobre a cidade – o novo urbanismo militar

Hoje, quinta-feira às 21h, o bookbloc propõe uma sessão sobre a crescente militarização das forças policiais/de segurança nas cidades.
[RDA49: Regueirão dos Anjos, nº49]

“Desde a famosa prisão Panóptica, passando pela radical reestruturação de Paris, por parte do Barão de Haussmann, através de avenidas facilmente vigiadas, até à adoção da impressão digital: muitas das grandes transformações no século XIX nas cidades Europeias haviam sido antes ensaiadas em cidades e periferias coloniais.”
Foucault’s boomerang: the new military urbanism
Stephen Graham

O texto completo aqui:
GRAHAM O Boomerang de Foucault – O novo urbanismo militarizado

Duas notícias e um vídeo para dar um cheirinho da discussão.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1636687

http://www.publico.pt/noticia/euro-2004-gnr-e-psp-estao-a-ser-equipadas-com-novo-material-de-intervencao-1180932

aqui: https://rda69.wordpress.com/2015/01/16/bookbloc-sobre-a-cidade-o-novo-urbanismo-militar-rda49-regueirao-dos-anjos-no49/